0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
A Clinimed Saúde e Segurança do Trabalho está localizada em Joinville-SC. 

Medicina do Trabalho está presente nas empresas. E quando os programas são observados e aplicados de maneira correta, beneficiam tanto o empregado quanto o empregador. Trabalhador seguro e satisfeito é mais produtivo.

Trabalhador afastado? Tô fora!

É claro que imprevistos acontecem e pessoas necessitam de afastamentos do trabalho, por vezes. Contudo, alguns desses afastamentos poderiam ser evitados, se a empresa tivesse medidas referentes à medicina do trabalho.

Funcionário doente não trabalha direito, isso quando comparece à empresa. Se pegar atestado, ninguém fará as suas atividades enquanto a situação ocorrer. E isso prejudica a produtividade da empresa, logicamente. Como a empresa pode se precaver?

Como citamos acima, algumas doenças exigem afastamento do funcionário, como aquelas causadas por vírus e bactérias (por exemplo: gripe), mas pode acontecer de o problema ser causado dentro da empresa. É aí que a medicina do trabalho pode atuar. Como?
Primeiramente, pela prevenção de acidentes. Quando se percebe um risco dentro do local de trabalho, ele deve ser identificado.

Com isso, deve-se:
Fazer um mapa de riscos; Executar o PPRA (Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais); Disponibilizar e treinar a utilização de equipamentos de proteção individual e/ou coletiva (EPI e/ou EPC), etc.
Essas medidas tornarão o ambiente de trabalho mais seguro e saudável, assim a produtividade aumenta porque a realização das atividades flui melhor. Se há menos afastamentos, os trabalhadores farão a sua parte no expediente, gerando mais resultados positivos.
E mais: quando não há acidentes, os responsáveis pela medicina do trabalho na empresa não precisarão preencher a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho), nem fazer investigações sobre o ocorrido. Dessa forma, mais pessoas estarão exercendo as suas funções, colaborando com a receita da empresa.
A medicina do trabalho também envolve a redução de gastos, situação que afeta diretamente a produtividade da empresa. Ou seja: se o acidente for grave, o estabelecimento precisará providenciar substitutos para a função, pois o afastamento será de muitos dias.
Além disso, a empresa arcará com a indenização do trabalhador, que poderá ser uma grande soma, dependendo do nível de incapacitação causada ao funcionário.
E esse não é o único custo para a empresa, pois é preciso considerar o FAP (Fator Acidentário de Prevenção). Quanto mais acidentes houver naquele lugar, mais alto será o valor pago à Previdência.
Promoção da saúde e segurança
Por todos esses motivos, é muito mais interessante utilizar as medidas da medicina do trabalho para promover saúde e segurança ao trabalhador, tanto física quanto mental.
É importante, periodicamente, apresentar palestras aos funcionários, sobre alimentação saudável, prática de exercícios físicos, implantar ginástica laboral e fazer campanhas sobre prevenção de doenças e utilização de equipamentos para sua proteção.
Dessa forma, ao se sentir seguro e saudável dentro da empresa, o trabalhador estará imune a doenças e afastamentos, executando suas funções com satisfação, aumentando a produtividade, e consequentemente, os seus resultados positivos.
Jamais pense na medicina do trabalho como um custo. É sempre um investimento, que trará retornos bem-vindos!
Acesse o nosso site: http://clinimedjoinville.com.br

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×